Os jovens e os Esportes

​A crescente procura por práticas esportivas tem despertado a atenção dos profissionais da área da saúde. Nos últimos anos, há um aumento dos cuidados com a saúde, o que tem levado a uma maior expectativa de vida.

Em busca de uma melhor qualidade de vida, a iniciação esportiva vem acontecendo cada vez mais cedo e com maior frequência.

Até alguns anos atrás, uma pessoa era considerada saudável quando estava livre de doenças. Hoje, esse conceito está associado à saúde e bem estar físico, mental e social. O esporte tem sido de grande ajuda para que esse conceito seja alcançado.

O esporte ajuda na melhora e manutenção da saúde, além de ser um meio de socialização e fuga do estresse. Além disso, o esporte desperta o espírito competitivo e superação de desafios.

A iniciação de jovens e adolescentes no esporte tem-se mostrado também muito eficiente no combate as drogas e a violência.

A alimentação desempenha um papel muito importante na vida desses jovens atletas, principalmente por se tratar de uma população em fase de crescimento e metabolismo aumentado.

É importante um acompanhamento nutricional adequado para que haja um melhor rendimento esportivo, sem atrapalhar o processo de crescimento desses jovens.

Além de uma alimentação balanceada e saudável, é necessário verificar a necessidade de suplementação de macro e micronutrientes, de acordo com o GET (gasto energético total) e composição corporal de cada atleta.

O gasto energético em jovens já é aumentado, e com a prática de esporte, esse gasto se eleva ainda mais. Com a prática de esporte e o aumento do gasto calórico, há também uma maior produção de radicais livres.

Com isso, é importante a reposição de proteínas, carboidratos e lipídios, assim como de vitaminas e minerais, para que haja uma recuperação muscular eficiente, desempenho esportivo esperado, e manutenção dos processos metabólicos decorrentes da idade.

Sobre o Autor

Deixe um comentário

*

captcha *